Páginas

30.6.13

Amamentar sim ou não

Eu sou a favor da amamentação, além de que respeito quem não é.
Para mim é uma escolha que só diz respeito á mulher.
Nunca coloquei a hipóteses de não amamentar, até hoje.
Voltasse ao trabalho dia 22 de Julho e das três uma, ou tiro leite, congelo, mando para a ama, a ama descongela, aquece e dá.
Ou dou de manhã e á noite e durante o dia suplemento. Ou ainda seco o leite e dou apenas suplemento!
Queria muito continuar a amamentar, mas neste momento, não sei o que faça....

28.6.13

Onde eu me fui meter

Portátil para formatar.
Fotos para gravar.
Tudo misturado... ao molho e fé em Deus.
B. sem dormir.
Eu com muito sono.
Ade ser noite e fotos no mesmo sitio.

27.6.13

Oh valha-me Santa Ingracia

Isto hoje está que é uma maravilha!
Um tempinho de merd@.
Casa que mais parece um palheiro.
Roupa para passar a transbordar!
Empregada de férias...lol.
Filho pequeno com uma birra do tamanho do mundo.
E para acabar em beleza já não bastava a birra que também tinha que ter acordado com uma conjuntivite.
Como se pode constatar tudo perfeito....

Nunca pensei sentir saudades













de estar grávida, mas neste momento sinto.
Motivo: dormia muiiiiiiito!

Noites bem dormidas

Precisam-se!
Posso dormir pouco, mas mesmo que seja pouco têm que ser bem dormido.
E desde á dois meses que isso não acontece.
Sinto-me com as horas todas trocadas, ando desorientada.
Sou e gosto de ser organizada, mas já nem isso consigo. Anda tudo virado do avesso.
Será pedir muito para que o meu filho comesse a dormir as noites todas?
Sim, eu sei ele só têm dois meses, mas podia dar-me umas boas noites de sono, preciso tanto, tanto!

Ai.... preciso mesmo, mesmo

Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.
Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer. Preciso de emagrecer.







Será que escrever ajuda?

24.6.13


Dia de vacinas

E para comemorar os dois meses feitos ontem, fizemos hoje uma visita á pediatra para duas vacinas.
Ele, mal chorou eu chorei por mim e por ele.
O B. é o segundo, mas as vacinas... deixam-me louca. Vê-los tão pequeninos a serem espetados.

2 meses de B.


5.270 kg.
55 cm.
Ri muito, dá tanto ao rabo que dá a volta á cama.
Só quer mama e "cu" tremido!
Cada vez mais parecido com o pai... :(



Fim-de-semana sem sol :(

 






21.6.13

30 anos


 
 

 
 

:(

Existem dias que não haviam de existir.
Notícias que nunca devíamos de ouvir.
Estou triste, por ti, por vós.
Um dia vai ser o dia... tenho a certeza!

20.6.13

Só falta um mês

Para voltar ao trabalho... e não quero, não quero nada.
Quero ficar por casa, ser mãe o tempo inteiro.
Não quero "dar" o meu(s) filho(s) a guardar a ninguém.
Quero ser eu a lá estar, na primeira fila a vê-los crescer.
A rir e a chorar com eles, quero ser a mãe que a minha mãe foi para mim... uma super, híper, mega mãe...

                                                                                                                


                                                                                                                                            Onde andas euro milhões?

É tão mau

... quando às pessoas são felizes com a infelicidade dos outros.
Quando festejam derrotas, quando brindam a tristezas, a discussões, a separações.
Mas no meio de tudo o que me deixa feliz é que a vida me ensino que colhemos o que semeamos!
E mais tarde ou mais cedo essas "pobres" pessoas acabam por beber do seu próprio veneno!

12.6.13

Os três donos do meu coração

 
 

O meu amor...


têm dois pesos e duas medidas.

A. 20kg 112,5 cm

B. 4,350 54cm

eles nascem ensinados

O B. têm sete semanas e deixa-me de boca aberta.
Choraminga, vou e falo com ele, acalma.
Choraminga mais um pouco, mas mais alto, com lágrima mesmo no canto do olho.
Digo-lhe: "a mamã vai dar maminha, anda cá meu amorzinho"-
E ele, ele sorri, e arregala o olho...





Adenda: e não o meu filho não é sobredotado!!!

3.6.13

Socorro... vou dar em louca






O Afonso, é um amor, um doce...
Adora abraços, beijos...
Totalmente diferente de mim.
Se antes do B. ele já era meloso, então agora é cola, daquela que não descola mesmo.
São abraços de 5 em 5 minutos, beijos nos intervalos dos abraços, anda de mais e dá comigo em louca.
Se sabe bem, claro que sabe, mas nem oito nem oitenta, ainda por cima eu não sou nada assim.
Não me larga, anda comigo para todo o lado, já não quer ir á ama, e agora até me diz que não lhe apetece ir á escola, que só quer estar comigo.
este mel vai dar comigo em doida...

1.6.13

não sei se vá, não sei se fique


Todos os dias aqui venho, todos os dias vós leio, todos os dias começo a escrever, mas nunca acabo, todos os dias penso em fechar o estaminé, mas todos os dias também penso que é melhor não, que voltarei apenas quando tiver vontade, mas essa vontade acaba por não aparecer.
Tenho saudades, saudades de quando comecei o blog, saudades do verdadeiro motivo porque o comecei, saudades da antiga blogosfera, onde tudo parecia mais real.
Onde aprendi tanta coisa, onde partilhei tanto de mim, de nós.
Onde os nossos bebés choravam, passavam noites sem dormir, davam os primeiros passinhos, saudades de um mundo mais real, mais meu.
A blogosfera está diferente, já não há crianças que choram, que fazem birras, a maior parte parece que vive num mundo diferente, onde tudo é perfeito, com crianças perfeitas, sempre com kit´s maravilhosos, limpinhos, sem arranhões nos joelhos, sem nódoas nas camisolas, sem bolsados, onde está sempre sol e nunca chove.
Tenho saudades, saudades do antes, e talvez por isso não me apeteça muito continuar...
Ou até sim... não sei!