Páginas

8.9.09

birras e mais birras

O regresso á creche á 15 dias atrás foi tudo menos pacifico, estes últimos dias parece que tudo já esta a voltar ao normal, mas as birras ao fim do dia e a hora de comer a sopa é para esquecer.
Na creche dizem-me que ele se porta lindamente e a comer é uma maravilha, mas desde que o vou buscar até chegar a hora de dormir é do pior.
Já comentei tanto com o pediatra como com a médica de família que enquanto o Afonso frequenta a creche é um inferno para comer a sopa em casa, de ambos obtive a mesma resposta, que ele me está a transmitir algo e o mais provável é tentar-me dizer que não quer ir e ficar comigo e a birra serve para chamar a minha atenção.
Acabo por achar que a opinião deles até tem a sua lógica, porque o ultimo mês e meio em que o Afonso esteve comigo sem frequentar a creche dava gosto vê-lo comer, era num abrir e fechar de olhos.
Sinto-me tão cansada, todos os dias é um berreiro e sopa espalhada por todo o lado, não lhe quero tirar a sopa de maneira nenhuma, pois na minha modesta opinião a sopa é muito importante na alimentação tanto das crianças como dos adultos, mas já não sei o que faça ou o que lhe dê, para a hora da sopa ser calma.
Estou esgotada e as ideias começam a falhar...



Hoje quando cheguei á creche disseram-me logo, - Hoje o Afonso teve um pequeno acidente. Ele pegou num boneco e atirou-o a uma menina e ela sem ninguém pensar ferrou-lhe uma dentada no pulso, como pode ver ainda se nota, lamento mas são coisas que acontecem sem estar ao nosso alcance de evitar.
Claro que lhe respondi com tranquilidade e disse-lhe que entre crianças era normal acontecer, mas por dentro fiquei a ferver com uma raiva cega a invadir-me, como é lógico não ia ralhar com a menina que o fez, ela simplesmente se defendeu, mas como mãe fiquei cheia de raiva é que ainda por cima o Afonso não tem o vicio de morder, pelo menos por enquanto... e espero que nunca tenha...








Um aparte:
Hoje uma das minhas melhores amigas (Sónia) faz anos, e ao contrario do habitual, que é estarmos todos juntos a festejar, ela este ano encontra-se de ferias e esta a umas centenas de km de distancia de nós, a ela quero deixar aqui um beijinho grande de parabéns e tudo, mas mesmo tudo de bom!
E que regresse depressa para fazermos a festa!!!:)



3 comentários:

Mafalda, Rui e Constança disse...

Tem calma e força.
Beijinhos

Patrícia disse...

Não des muita importancia à sopa...vai insistindo mas sem stress porque ele sabe que estas a dar muita importância e por isso piora a coisa, não deverás deixar de dar mas se mantiveres a calma ele vai perceber que essa acto não causa consequencia. Os inícios das escola são sempre complicados para as crianças e por vezes apressentam retocessos. beijinhos grandes e qye tudo melhore

Patrícia disse...

Os miudos são terriveis, fazem com cada mazela! Beijinhos